top of page
site ufpr (6).png
logo.png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter

Foto: Frederico Falcão Salles

  • sbe424

Lançada nova edição de "Insetos do Brasil: Diversidade e Taxonomia"



Publicação traz dados referentes às 28 ordens e 679 famílias de insetos com registros para o Brasil / Foto: Gabriel Melo

Dois mil e vinte e quatro começa com a publicação da segunda edição do livro "Insetos do Brasil: Diversidade e Taxonomia". Uma das revisões mais aguardadas pela entomologia brasileira, a versão online do livro já está disponível para download gratuito neste link


A obra, que começou a ser preparada em 2016, traz informações gerais sobre morfologia, biologia, classificações, relações filogenéticas, importância agrícola, médica, veterinária, métodos de coletas e chaves de identificação referentes às 28 ordens e 679 famílias de insetos com registros para o Brasil.


O time de cinco organizadores é o mesmo da primeira edição - o pesquisador do INPA José Albertino Rafael e os professores Gabriel Melo, Cláudio Barros de Carvalho (ambos da UFPR), Sônia Casari (USP) e Reginaldo Constantino (UNB). Já o número de autores subiu de 71 para 97 especialistas com atuação em diversas instituições do Brasil. 


"Nosso grande objetivo é permitir aos leitores identificar a fauna de insetos do Brasil até o nível de família. A gente tem seções introdutórias que trazem informações básicas da entomologia, morfologia, fisiologia, aspectos da distribuição, da filogenia, mas todas elas são subsidiárias para o objetivo geral que é permitir essa identificação por qualquer pessoa que tenha uma base de conhecimento científico", explica o professor Gabriel Melo, vice-presidente da SBE. "Alguns grupos, como têm classificação simples, incluem também chaves para gênero, para avançar um pouco mais, mas na maior parte dos casos, vamos até a família." 


A primeira edição do livro foi publicada em 2012, com grande impacto entre a comunidade científica. Nesta nova versão, os leitores terão acesso a dados revistos e, em alguns casos, informações ampliadas coletadas entre 2012 e 2022. "Como qualquer área de conhecimento, com o tempo, a gente vai tendo uma atualização, como revisões e novas descobertas, mesmo a nível de família. É uma oportunidade para a gente apresentar uma classificação mais atualizada e incorporar todas as novas descobertas que aconteceram neste tempo." 


A intenção dos autores é disponibilizar também, em breve, uma edição impressa. Por ora, a versão digital pode ser obtida gratuitamente, no site da Editora INPA, parceira desta segunda edição. "O que queremos é que tenhamos a maior difusão possível, que o maior número de pessoas, especialmente estudantes, possam usar o material."


220 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page