top of page
site ufpr (6).png
logo.png
  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter

Foto: Frederico Falcão Salles

  • sbe424

Professor Claudio Froehlich deixa legado vivo entre entomologistas do Brasil



Uma das principais referências em zoologia e um dos pioneiros do Brasil no estudo dos insetos aquáticos, o professor Claudio Froehlich, falecido na última segunda-feira, 27 de novembro,

deixa contribuições imensuráveis para a entomologia do Brasil. "Ele formou um grupo gigantesco e extremamente qualificado de pesquisadores e, com isso, tem um legado vivo. Esses pesquisadores, que hoje em dia são professores, já têm uma terceira geração de alunos sendo formada, tudo isso graças à influência dele", destaca o editor da Revista Brasileira de Entomologia, Frederico Salles.


Professor paciente e generoso, Froehlich se dedicou, a partir da década de 1960, a estudar Plecoptera, se tornando o primeiro especialista no Brasil. "Ele trabalhou com esse grupo por muitas décadas, e até poucos anos atrás ele ainda publicava. Sua contribuição para a taxonomia deste grupo é especialmente grande, mas não se restringe só a essa ordem", diz Frederico.


"A tristeza desse momento só é superada pela honra e o privilégio que tive por ter sido aluno deste grande ser humano durante minha pós-graduação. Jamais vou esquecer a suavidade da sua voz e a postura impecável que quase competiam em atenção com o imenso conhecimento e amor pelos insetos que ele possuía", lamenta o presidente da SBE, professor Rodrigo Feitosa.


No próximo dia 15 acontecerá, na USP de Ribeirão Preto, o lançamento da edição especial que a RBE prepara, já há alguns meses, em homenagem ao professor Froehlich. A publicação trará textos de diversos especialistas sobre temas associados à carreira do professor homenageado.



15 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page